21/11/2017

A LISBOA QUE MUITOS DE NÓS AMAMOS ESTÁ A DESAPARECER


Demolições e movimentos de terras na Rua das Janelas Verdes, uma Rua com História, com os seus conventos, palácios, praças e chafarizes. Como será esta Rua dentro de meia dúzia de anos ? O que poderemos fazer para que não se perca a sua memória ?

Pinto Soares

2 comentários:

Miguel Santos e Silva disse...

Resposta breve (algo ingénua):
1- Ir ao balcão de atendimento da CML em Alcântara, ou outro qualquer, munido/a da referência da obra;
2- Requerer a consulta do processo nos termos do CPA e RJUE;
3- Analisar o teor das informações e decisões que consubstanciaram a decisão de eliminação do edifício e contestá-las formalmente junto da CML, Procuradoria Geral da República e Tribunais, a fim de conseguir uma providência cautelar que suspenda a obra;
4- Repetir os passos de 1 a 3 em todas as obras até obter resultados;
5- Identificar todos os edifícios com "potencial" de virem a ser eliminados e requerer junto da CML e DGPC a sua imediata classificação;
6- Contestar formalmente junto da CML, Procuradoria Geral da República e Tribunais o não provimento ou a não conclusão dos requerimentos para classificação dos edifícios;
7- Repetir os passos 5 e 6 até obter resultados;
8- Não desistir.

maria costa disse...

Caros:
E a próxima demolição da muralha de Lisboa junto a Stª Apolónia?
Já demoliram partes nos recreios da ES Gil Vicente (Parque Escolar); ágora o pequeno espaço visível a norte da estação ou ficará entaipado ou será demolido. Um povo sem história é escravo.