...

...

10/03/2017

Petição "Salvar os pavilhões do Mercado do Bolhão"

As chamadas Barracas do Bolhão, como são chamados os actuais pavilhões de venda, são um conjunto arquitectónico notável, coeso porque desenhado de raiz, e com uma mistura única de elementos estilísticos, próprios da époa: colunatas clássicas, janelas neo-góticas, beirados e respiradouros tradicionais. Tudo indica que o arquitecto terá sido José Teixeira Lopes, autor entre outros do Banco de Portugal, no Porto, com Ventura Terra.

A Câmara invoca duas razões principais: uma, a de que a demolição é necessária uma vez que se construirá um subterrâneo, e a sua reconstrução seria um pastiche. A outra, de que as barracas são "anacrónicas" e não cumprem os actuais requisitos legais e funcionais.

Ambos estes motivos são facilmente desmontáveis, e quanto a nós é importante haver um debate público em torno desta questão. Ela resume o que é neste momento a reabilitação urbana em Portugal: a vontade de construir e mostrar obra rapidamente versus a preservação do património arquitectónico. Para isso criámos uma petição que explica em detalhe o que está em causa:

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT77853

...


2 comentários:

Anónimo disse...

Anacrónicas são as mentes dos nossos políticos e destes arquitectos em busca de popularidade fácil

F disse...

O mercado do bolhão é Lisboa?...